09 dezembro 2014

Trekking na trilha do trilho do trem do trigo II

Mais algumas dezenas de km pra contabilizar, de muito suor, determinação, parceria.
Com Cristiano Castro, Cristiano Morales e Diego Pires.
Nov/2014

video
Este vídeo é simplesmente para mostrar um pouquinho do que é atravessar um viaduto de mais de 145m de altura, a sensação de entrar em um túnel de mais de 2km de extensão e a emoção (decepção) de passar uma vagoneta (e não o trem) enquanto estávamos no meio do viaduto.




27 novembro 2014

Livro Sonhos Verticais de Manoel Morgado


Acabo de ler o livro Sonhos Verticais que relata a escalada de Manoel Morgado ao Cho Oyu e Everest. Um livro muito bom onde enche de sonhos uma moça do interior que escala esporadicamente uma parede de 30m aos fins de semana, que caminha alguns km e que já se sente realizada com esses pequenos feitos.
Um livro sobre alta montanha? Sim, mas também muito além disso, pois eu com minha parede de 30 metros e alguns km de pernadas consegui me identificar em vários momentos com situações citadas e com sentimentos descritos.
Aos adeptos as atividades outdoors irão me entender. Quem já não se perguntou o que estava fazendo ali ou o por quê? Quem não teve duvidas se devesse continuar ou não? Se os parceiros escolhidos eram os certos? Se a bagagem escolhida era a correta? Se valeu mesmo ter poupado na compra de um equipamento? E que soube o valor da água potável. Enfim, percebi que as duvidas e sentimentos de um escalador de alta montanha é o mesmo da moça do interior, e tenho certeza que de vários apaixonados pela beta-endorfina que só os esportes outdoors proporcionam.
E vamos além, este livro mostra os detalhes de se conviver em grupo. A importância tanto de respeitar as decisões dos mais experientes, quanto de ouvir os medos dos “principiantes”. De entender que cada um tem seu ritmo, seu momento. E também, de respirar um pouco mais fundo sabendo de seus limites, mas não se acomodando em uma zona de conforto. É saber que se preparou para aquele momento e que é forte e capaz de atingir o objetivo, por mais difícil que seja. Pois antes de tudo, tudo, tudo, tu sempre quis estar lá, sem obrigação nenhuma. E quando vier as duvidas, tentar recordar este sentimento que fez, por vezes, abdicar de algumas coisas, e se preparar para estar lá.
Enfim, é entender acima de tudo que “o destino é o caminho”, respirar cada momento, sentir cada sensação, valorizar cada cor, cada som. Ter um autoconhecimento que nenhum terapeuta conseguiria.
Por isso indico esse livro não somente aos escaladores de alta montanha, mas pra quem já se questionou e respondeu com firmeza: eu estou aqui porque eu sempre quis.

10 novembro 2014

Um tempo pra chamar de meu

“Os dias que estes homens passam nas montanhas, são os dias em que realmente vivem.
Quando as cabeças se limpam das teias de aranha, e o sangue corre com força pelas veias.
Quando os cinco sentidos recobram a vitalidade, e o homem completo se torna mais sensível, e então já pode ouvir as vozes da natureza, e ver as belezas que só estavam ao alcance dos mais ousados.”
(Messner)



















20 setembro 2014

Sirvam nossas façanhas de modelo a toda Terra!

Não sei se foi o cheiro das acácias,nem tenho certeza se foi a nebulosidade que deixava o clima gótico.
Não sei se foi o barulho dos passo no chão de terra batida, ou talvez o som dos passarinhos.
Enfim, sei que cada um teve seu momento de solitude, onde um andarilho consegue meditar mesmo em movimento. Eramos 5 e eramos um.

                                               






                                      

                                     

                                       











55 km entre subidas e descidas, entre mortos e feridos... eis os farrapos.

16 junho 2014

Dos confortos de cada um


Essa neutralização dos problemas, conforto mental e plenitude que um dia pendurada me traz, não há outra terapia que resolva.

"Será que existe alguém, ou algum motivo importante, 
que justifique a vida ou pelo menos estes instantes ?"

23 março 2014

Outono

Apenas duas palavras definem o dia de hoje: outono e parceia... o resto foi consequência.



'Chodózinho' da Pedreira


Bruno Garcia encadenando a
Mutante 6sup


Via Mutante (6sup)


Churras de abertura da temporada de outono 2014